24 de junho de 2012

Sobre problemas com parabenos

Hello, amigas


Pelo título do post dá para perceber que o assunto é um pouco diferente. 
Fonte desta imagem




Justificativa: Apesar de ser um assunto que foge do escopo do blog, adoro falar e pesquisar  sobre composições de produtos.
Se houver interesse, é só me avisar, que posso incluir este assunto no blog...rs





Nos fóruns sobre cabelos que frequento, o medo dos parabenos é generalizado.
Por tudo que li, o que fez mais sentido pra mim foi "eles ganharam o status de vilão depois de uma grande campanha feita contra eles por ONGs alarmistas americanas (muitas com conflitos de interesses).O consumidor final ficou com medo dos parabenos e começou a evitá-los e para não ter prejuízo as grandes empresas começaram a retirá-los de seus produtos."
IntroduçãoSeguindo nesta linha encontrei diversos sites e artigos escritos por profissionais da área, sem interesses comerciais, como por exemplo, o The Beauty Brains.
Me interessei por este artigo (em inglês) escrito por um cientista da indústria cosmética, com um título bem sugestivo:  "Os químicos cosméticos estão tentando matar as pessoas?"
Engraçado, né? 
Ele começa: "Como um químico responsável pela formulação de produtos para pele e cabelo, frequentemente tenho a sensação que algumas pessoas pensam que estamos tentando matá-las. Devem acreditar que somos sociopatas diabólicos usando produtos cancerígenos para aumentar os lucros da corporação do mal que pagam nossos salários. Ou talvez eles pensem que somos palhaços impotentes usando toxinas, manipulados pelas referidas corporações do mal. De qualquer maneira, é um pouco deprimente e errado.
Um dos ingredientes mais polêmicos são os parabenos, considerados tóxicos, carcinogênicos, um veneno que não deveria estar em cosméticos. Nada mais errado".
Fonte desta imagem


Fatos: Qual é o problema com os parabenos?
Em 2004 a Dra. Philippa Darbre, da Universidade Reading, UK,  publicou estudo com um grupo de 20 diferentes tumores de mama onde foram encontrados parabenos. Ninguém soube explicar como os parabenos chegaram lá e sugeriu-se uma relação entre o uso de cosméticos com parabenos e o câncer.
Porém, os toxicologistas os consideram um dos conservantes mais seguros que existem, tanto que são usados em alimentos há mais de 40 anos. Por serem os mais testados, não há melhor opção para evitar contaminação por bactérias e microorganismos  também em cosméticos.


Neste artigo (publicado em inglês) vemos uma abordagem técnica  desacreditando o estudo da Dra. Darbre, creditando a ele, porém, muito do trabalho posterior.
Depois de todos os estudos e pesquisas gerados pelas hipóteses levantadas inicialmente, grandes órgãos reguladores se pronunciaram.

A Comissão Européia de Saúde e Proteção ao Consumidor, em seu parecer sobre a segurança dos parabenos, determinou que seu uso em cosméticos é seguro.


Nos Estados Unidos, o FDA (Food and Drug Administration), é o órgão governamental que controla os alimentos, suplementos alimentares, medicamentos, cosméticos, equipamentos médicos, materiais biológicos e produtos derivados do sangue humano. O órgão analisou os dados disponíveis e concluiu :"atualmente não há razão para preocupação a respeito do uso de parabenos em cosméticos. Contudo, a agência continuará avaliando os novos dados na área." (página atualizada em 21/06/2011)


Fonte desta imagem


E, finalmente, no último mês de março, em Washington, D.C., o Cosmetic Ingredient Review (CIR) reafirmou a segurança do uso dos parabenos.
Aqui temos  o artigo completo publicado (em inglês)  pelo Conselho de Produtos de Cuidados Pessoais, principal associação que representa a indústria de produtos para cuidados pessoais nos EUA. A entidade solicitou ao CIR que reexaminasse a questão da segurança dos parabenos, como usado na indústria cosmética. O CIR, um painel independente de médicos e cientistas, realizou o reexame em 2011 e concluiu que usados na quantidade especificada, os parabenos são seguros  e não causadores de câncer como anunciado por alguns veículos de comunicação.


Fonte desta imagem

Update (julho/2014)
Conclusão: após todas estas leituras e afirmações de órgãos importantes e competentes, pessoalmente,  estou tranquila quanto a segurança do uso dos cosméticos com parabenos, neste momento. 

Após algum tempo e muitas leituras depois, encontrei o seguinte texto:

"Atualmente, tanto a  Sociedade Americana de Câncer (ACS), quanto a Agência Internacional pelo Estudo do Câncer (IARC), que faz parte da Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmam que não existem provas contundentes que possam relacionar os compostos químicos parabenos com o desenvolvimento de câncer.Ainda assim, outros estudos apontam que o consumo de produtos que possuem parabenos pode causar alergias cutâneas e o envelhecimento precoce da pele.O parabeno interfere no sistema endócrino de humanos e animais - ele possui uma atividade estrogênica - por conta disso ele é considerado um disruptor endócrino. Atualmente, essas substâncias vêm ganhando relevância, pois mesmo em doses pequenas podem causar malefícios à saúde e ao meio ambiente".Fonte: http://www.ecycle.com.br/component/content/article/35/1399-voce-conhece-os-problemas-dos-parabenos.html
Dizia minha avó : Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém. Estou adotando a rotina No Poo e com ela os parabenos vão deixar de fazer parte da minha rotina capilar. Além disso, quando vejo que pode causar envelhecimento precoce da pele (ui!!), desisto dos parabenos......


É isso, meninas.


Bjks

4 comentários:

E ai! Vamos falar de tudo disse...

Amor!
Obrigada pela vista , volte sempre que quizer !
Bjuss ,
Roberta Medeiros

http://eaivamosfalardetudo.blogspot.com.br

Gaspinha disse...

Roberta querida,
Volte sempre tb!!
Bjks

Ana Claudia disse...

Excelente postagem! Eu tbm não tenho problemas em usar parabenos, por enquanto. Prefiro aguardar informações mais seguras dos órgãos competentes!

Beijos amiga! ;)

Gaspinha disse...

Aninha querida,
Por enquanto,sem problemas.
Obrigada pela visita!!
Bjks